OS ÍCONES NASCEM, NÃO SE CRIAM

Nascidos para servir as necessidades das expedições nas regiões mais agrestes do mundo, estes produtos têm agora vidas próprias. Aproveitando a tecnologia de ponta, o design inovador e os conselhos dos atletas, foram revolucionários. Hoje em dia, são ícones, vestidos e usados em todo o lado, das ruas das cidades aos cumes das montanhas.

DENALI
O POLAR INTEMPORAL

Nascido da necessidade, usado por vontade, o Denali simboliza aventura e liberdade.

O Denali original foi introduzido em 1988 como um casaco polar com fecho para o casaco Mountain. Como tal, foi um componente-chave do Expedition System, um sistema de camadas que teve a sua estreia nos corpos dos escaladores norte-americanos Todd Skinner e Paul Piana durante a sua histórica subida de 30 dias do Salathé Wall em Yosemite. Revolucionou completamente os polares técnicos e foi depois usado em expedições na Antártida, nos Himalaias, no Cazaquistão e na Patagónia.

O POLAR INTEMPORAL.

Nos anos 90, o Denali já se estava a tornar um polar intemporal. Não só para os escaladores e aventureiros puros e duros. O Denali era usado nos campus universitários, nas ruas citadinas e em caminhadas de fins-de-semana.

“People’s attraction to the Denali is more than just its trendiness or technical details.
It’s about identifying with what it symbolises: adventure and exploration.”

CONRAD ANKER

Mountaineer

1990

Conrad Anker | South West ridge of Ama Dablam - NEPAL

Conrad Anker | South West ridge of Ama Dablam - NEPAL

SUBSCREVE A NOSSA NEWSLETTER